Quem te inspira?

Sabe aquelas pessoas incríveis que te inspiram e inspiram o teu trabalho? Aquelas pessoas que se tornam referências pro mundo, porque além de terem um trabalho fantástico, fazem super bem o que se propõem a fazer com aquele brilho no olhar dos apaixonados? Pois é, conta pra mim quem faz teu coração palpitar, você perder a linha e tietar descaradamente  quando pode, seja na rede ou no face to face.

Valorizar quem nos inspira é muito bacana porque mostra também um pouco de nós mesmos, de como direcionamos e buscamos  inspiração para o nosso próprio trabalho. 

 Acredito que acompanhar (sim, eu digo acompanhar e não seguir) nossas inspirações nos deixa pistas de como encontrar o nosso próprio caminho. Estar sempre  no radar, na observância, nos likes, no compartilhamento, nos créditos devidamente creditados com o link de direcionamento, sem redundâncias ou omissões da fonte, dá um valor absoluto ao nosso Modus operandi e sobre como atuamos no mundo.

Quero dividir com vocês quem me inspira a buscar cada dia mais, ser a minha melhor versão. Porque como dizem por aí, compartilhar conhecimento é uma forma de nos aproximar e nos mantermos vivos dentro de outras pessoas e como espero atingir positivamente outras pessoas através do meu trabalho estou aqui compartilhando quem me inspira e algumas muitas vezes me pira com o que acompanho.

Ela é dulce, ela é rainha, ela é cheirosa (sim, tive o privilégio de sentir seu perfume em um delicioso abraço), ela é linda, tem um sorrisão largo e uma simpatia de dama: Raiza Costa, a Rainha da cocada.

Estar em lugares certos nos trazem  oportunidades de acertar horas certas. Em 2018, participei do Pixel Show (vale um post só pro evento) e tive o privilégio de assistir a palestra da Raiza falando sobre redes sociais, gastronomia com design e de seu livro Confeitaria Escalafobética (Claroooo que tenho o meu autografado). Foi isso mesmo, eu sentadinha no gargarejo, ouvindo a Rainha da Cocada compartilhar seu processo de trabalho, suas inspirações, seus acertos e erros de percurso, tudo isso temperado bem ao seu jeito especialíssimo e exclusivo de ser. Pura inspiração .

Não sou amiga dele, apesar de conhecer várias pessoas que o são, na verdade não sei nem se ele sabe o que faço ou tampouco quem eu sou, mas todas as vezes que o encontro na quebradeira de algum trabalho esse menino me faz sentir especial com a sua alegria e  seu brilho.Ele é o Peter Paiva,  inspiração total.

Ele é um case de sucesso.  Já tive o prazer de ouvir sua fala em uma palestra bem intimista, no Bazar Ógente (lembra do lugar certo  e da hora certa?), falando organicamente sobre empreendedorismo, criação de produtos, direcionamento de marca e paixão pelo que se faz. Baita inspiração.

   

Além de inspiração eles me dão informação, sinalizam caminhos com suas lanternas e me dão exemplos de como é bacana ter um trabalho de resultado, comprometido com a própria essência, parece a falácia do propósito, mas com eles vejo exemplos a serem admirados.

E você? Quem te inspira? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *